Empresa Júnior Mackenzie Consultoria

Introdução

Atualmente, o empreendedorismo é uma ação que vem ganhando cada vez mais força, tornando-se um dos principais fatores para o desenvolvimento do país, pois além de gerar lucro, prosperidade e empregos, ele também contribui para a criação de soluções em diversos problemas existentes na sociedade.

Apesar de possuir leis e medidas que não favoreçam o empreendedor, o Brasil se destaca nesse quesito, sendo um dos países mais empreendedores do mundo. Pode-se ter uma noção da importância desse movimento, de acordo com uma pesquisa realizada pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), na qual as empresas pequenas empregam mais, sendo responsáveis por 54% dos postos de trabalhos formais.

Diante disso, quando falamos de empreendedorismo, surgem alguns nomes de pessoas que se destacam nesse tópico, e inspiram aqueles que sonham em ter o seu próprio negócio. Desta forma, trouxemos seis grandes empreendedores brasileiros para apresentar um pouco de sua história e trajetória, sendo eles:

Flávio Augusto da Silva

Flávio Augusto da Silva nasceu em um bairro periférico do Rio de Janeiro e passou toda sua juventude vivendo de forma precária. Após ser expulso do colégio militar por não conseguir se adequar naquele regime, iniciou sua trajetória empreendedora.

Com 19 anos, Silva começou a vender relógios como camelô em sua cidade natal, até conseguir uma oportunidade em uma escola de inglês, onde trabalhava vendendo cursos através de um orelhão. Esse período ajudou no surgimento de ideias para a criação de seu próprio negócio. Até que com 23 anos, Flávio saiu da empresa em que estava e fundou sua própria escola de inglês, a Wise Up.

A expansão do negócio ocorreu de forma inesperada, por ser uma instituição de ensino voltada para o público adulto, o que não era comum e, em um ano já havia mais de mil alunos matriculados. Em 2013, quando o grupo tinha 393 filiais, o empresário realizou a venda da companhia por R$877 milhões.

Dois anos mais tarde ele teve a oportunidade de recomprá-la, quando estava passando por um momento de crise, e assim, começou o processo de reestruturação. Além disso, Flávio também foi proprietário do clube americano Orlando City, o qual se despediu no começo de 2021 em uma negociação de R$2 bilhões.

Atualmente, o empresário atua no Grupo Wiser Educação, o qual possui muitas empresas nesse segmento, e além de ser escritor de quatro Best-sellers, há 10 anos ele cria conteúdos nas redes sociais incentivando o empreendedorismo em seu perfil “Geração de Valor”. Contudo, por sua história ser ligada a superação e dificuldades, o empresário aponta que para ter sucesso nos negócios, é preciso muita dedicação.

Luiza Trajano

Luiza é sem dúvidas um dos maiores nomes do empreendedorismo brasileiro. A empresária comandou durante 24 anos a holding Magazine Luiza, uma das maiores redes de varejo do Brasil. Ademais, em 2020 ela possuía uma fortuna de, aproximadamente, US$4,9 bilhões, segundo a Forbes, sendo assim, a mulher mais rica do Brasil.  

Sua jornada iniciou bem cedo, pois aos 12 anos começou a trabalhar no comércio da família em Franca, interior de São Paulo. Graduada em direito pela Faculdade de Direito de Franca, ela passou por todos os setores da empresa até finalmente assumir a presidência em 2008.

Seu histórico foi marcado por uma série de inovações no setor, principalmente relacionadas à tecnologia. Diante disso, sua empresa vem aumentando a participação no mercado com grandes aquisições como a gigante Netshoes e o portal de comunicação Jovem Nerd.

Em 2016, Luiza passou o cargo de CEO para seu filho Frederico Trajano, e atualmente ela atua como Presidente do Conselho de Administração da Magalu. Além disso, sua brilhante trajetória rendeu diversos prêmios de liderança e empreendedorismo.

João Appolinário

O empresário João Appolinário é o fundador e CEO da Polishop, empresa varejista que atua em diversos segmentos, principalmente no de vida fitness e saudável. João foi responsável pela criação dos valores da empresa, o qual investiu na estratégia de marketing, ação inovadora para a época em que a empresa foi fundada.

Sua história começou quando João se tornou sócio da concessionária de automóveis de sua família, e desde então desenvolveu uma paixão pelos negócios. Após um período fora do país, ele retornou vendendo um produto de emagrecimento, que com o apoio do ex-piloto Emerson Fittipaldi, que se tornou um sucesso de vendas.

No ano de 1999 foi fundada a Polishop. A empresa é reconhecida por suas propagandas televisivas bem desenvolvidas (apresentadas em seu próprio canal de TV, a Polishop TV) e por seus produtos inovadores. O faturamento anual da empresa já atinge mais de R$1 bilhão.

Desde 2016, João Appolinário é um dos “sharks” no famoso programa Shark Tank Brasil, que atualmente está na temporada. No programa o empresário diversifica seus investimentos comprando participações nas empresas apresentadas.

Alexandre Costa

Nascido em São Paulo, Alexandre Tadeu da Costa é fundador e CEO da Cacau Show. O império de chocolate conta com mais de 2 mil lojas ao redor do Brasil e com um faturamento anual na casa dos bilhões. O empresário preza pela satisfação dos consumidores, por isso existe uma variedade de produtos, buscando atender os mais diversos gostos.

Um verdadeiro exemplo de resiliência, aos 14 anos Alexandre vendia ovos de Páscoa de porta em porta no seu bairro. Com 17 anos ele já tinha o objetivo de empreender e seguiu no ramo de chocolates, fundando a Cacau Show. O primeiro ponto físico foi inaugurado em 2001, o que levou a multiplicação das lojas ao longo dos anos.

A Cacau Show desde 2008 é a maior rede de chocolates finos do mundo, ultrapassando a empresa americana Rock Mountain. Além disso, um dos principais diferenciais de sua marca é a padronização da qualidade dos produtos e do atendimento em todas as lojas.

Atualmente, ele comanda a holding Cacau Par, que atua fortemente no segmento de chocolates. Além disso, para expandir a área de atuação, a Cacau Show terá um resort temático em Campos de Jordão chamado Bendito Cacau Resort & Spa.

Silvio Santos

Um ícone popularmente conhecido pelas famílias brasileiras, Silvio Santos possui uma trajetória brilhante como empresário, sendo proprietário do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) e da famosa empresa de cosméticos Jequiti.

Senor Abravanel, seu nome verdadeiro, nasceu no Rio de Janeiro no ano de 1930. Iniciou sua trajetória de forma humilde, trabalhando como, até encontrar uma oportunidade de trabalhar como locutor. Em 1958 ele comprou o Baú da Felicidade que funcionava da seguinte forma, o cliente pagava carnês mensais e em dezembro recebia uma caixa de brinquedos.

O empresário expandiu o leque de produtos ofertados ao consumidor, no qual carros e casas começaram a fazer parte da gama de produtos. Silvio também fundou seu próprio banco, o Banco Panamericano, que infelizmente não teve uma boa sucessão e acabou sendo vendido com uma dívida bilionária. Até que em 1981 finalmente nasceu o SBT, tornando-se assim, a terceira maior rede de TV brasileira.

Silvio Santos possui um portfólio com mais de 30 empresas e coleciona muitos prêmios como apresentador e empresário, sendo protagonista de uma história que inspira muitos brasileiros que almejam o sucesso.

Cristina Junqueira

Uma das maiores empresárias brasileiras da atualidade, Cristina Junqueira é cofundadora e CEO do Nubank, um banco digital com valor de, aproximadamente, US$37,4 bilhões. Apesar de sua história ser recente quando comparada as outras personalidades, a empresária já se mostrou um exemplo de liderança.

Cristina nasceu em Ribeirão Preto e cursou engenharia de produção na Universidade de São Paulo (USP). Após trabalhar como analista de sistemas e consultora, ela foi para os Estados Unidos estudar finanças e marketing. Em 2012 a executiva retornou ao Itaú Unibanco, onde já havia trabalhado posteriormente, e propôs ideias inovadoras para a área de cartões na qual estava atuando.

Sem resultado, em 2013 Cristina deixou o Itaú para fundar o Nubank, junto com David Vélez e Edward Wible. O banco digital surgiu com a missão de oferecer serviços melhores com menores taxas, na tentativa de acabar com o monopólio dos bancos grandes. Dessa forma, sua empresa conquistou rapidamente seus clientes e acumula um crescimento exponencial desde sua criação.

Em dezembro de 2021, a fintech realizou o Initial Public Offering (IPO) na Bolsa de Valores de Nova Iorque, um processo que permite uma companhia de capital aberto captar recursos e receber novos investidores. Deste modo, o Nubank se tornou o banco mais valioso da América Latina e, além disso, a abertura de capital fez com que o nome de Cristina entrasse para a lista de bilionários brasileiros.

Considerações finais

Conhecer sobre a trajetória de grandes empreendedores é muito interessante, pois serve de inspiração e motivação. Flávio Augusto, Luiza Trajano, João Appolinário, Alexandre Costa, Silvio Santos e Cristina Junqueira são alguns nomes dentre tantos que construíram negócios gigantes, gerando muitos empregos e contribuindo para a economia do país. Um conjunto de histórias que mostram resiliência, dedicação e determinação, três pilares essenciais para todos que desejam obter prosperidade.

Além disso, esses empresários são bons em guiar e em gerir uma empresa, assim podem orientar, liderar e buscar oportunidades para o crescimento desta e de cada funcionário que a compõe. O triunfo tão almejado está diretamente ligado a união e a dedicação de uma equipe bem instruída, que se torna mais eficiente na busca pelo destaque no mercado.

Com isso, é essencial que o empreendedor e sua equipe estudem constantemente e sejam sempre muito curiosos em relação as inovações do mercado, para que haja um alinhamento do que o cliente procura e deseja, e daquilo que sua empresa tem a oferecer, para que o sucesso seja alcançado cada vez mais.  

Escrito por: Maria Eduarda e Gabriel Corrêa


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.