Empresa Júnior Mackenzie Consultoria

Blog

As maiores empresas do mercado já entenderam a importância das estratégias de Inbound Marketing e sua empresa também pode e deve se beneficiar destas vantagens:

  • Mais visibilidade para o seu negócio;
  • Menor custo de aquisição de clientes;
  • Atração de possíveis clientes;
  • Estabelecer um relacionamento mais próximo com o cliente;
  • Otimização dos processos de vendas.

Recentemente foi feita uma pesquisa com uma empresa que usufrui de estratégias de Outbound Marketing e Inbound Marketing e foi descoberto que o meio Inbound é 62% mais barato, portanto, não ter uma estratégia de atração abre grandes chances de ter desvantagens em relação aos seus concorrentes. É importante lembrar que o tempo todo as pessoas estão buscando soluções para os seus problemas e, por isso, oferecer iscas digitais e conteúdos relevantes, que mostrem o caminho até elas, é a melhor forma de atrair clientes para o seu negócio.

Com a chegada da pandemia, foi perceptível que o crescimento do Marketing Digital teve um salto bastante considerável. As empresas que já investiram na criação de conteúdo e Inbound Marketing começaram a colher muito mais resultados, conseguindo manter seu estabelecimento vivo e obtendo lucro em meio ao contexto pandêmico, enquanto aqueles negócios que ainda não atuavam de forma digital precisaram adaptar suas estratégias para não perder clientes e faturamento.

Metodologia Inbound

Para executar o Inbound Marketing em seus negócios, é necessário seguir de uma forma escalar utilizando um funil que auxilia na execução. Esse funil é composto por 4 etapas, tendo como objetivo fornecer os benefícios estratégicos que o inbound pode promover.

1ª Etapa: Atrair

Iniciando o funil, a primeira etapa visa atrair um público-alvo com conteúdos voltados às necessidades desses futuros clientes de forma estratégica, para que através desses conteúdos, as pessoas possam buscar pelo seu produto/serviço, assim, possibilitando de tornar-se um lead.

Essa etapa deve ser executada com cuidado, pois será preciso propor um conteúdo que possa suprir as necessidades do seu público-alvo, expondo a todos os momentos tópicos que agradem e sejam úteis. Dessa forma, não será preciso ir em busca do cliente oferecendo seu produto, já que ele será guiado para se interessar e ir até você. Ou seja, esse método poderá resultar em uma prospecção passiva futuramente.

Portanto, é essencial que você invista em formas estratégicas de marketing que auxiliarão na divulgação do seu produto ou serviço. Deve-se ter em vista que público, antes de realizar uma compra, pesquisa e analisa quais as marcas e os produtos que irão atraí-los mais, além de atenderem às suas expectativas. Essas pesquisas normalmente são por meio de redes sociais, Google ou blogs, o que leva à importância de, não só produzir o conteúdo de qualidade, mas torna-lo presente em todos os meios de divulgação possíveis.

Para isso, há ferramentas que auxiliam no engajamento e divulgação que atraem o público de forma assertiva. As estratégias que mais geram retorno são por meio de marketing de conteúdo em blogs e em redes sociais, como: Instagram, Facebook ou Tiktok, por meio de stories, Reels e posts em feed.

O blog com marketing de conteúdo é uma ferramenta excelente para auxiliar na visibilidade da sua empresa, pois irá atrair mais visitantes em seu site, gerando engajamento crescente. Essa ação pode obter resultados de maior audiência, credibilidade, novos leads e visibilidade no mercado.

Já nas redes sociais, o conteúdo para atrair o público é mais diversificado. Através dele, torna-se mais viável estabelecer uma relação de proximidade com o cliente. Um exemplo disso é o Instagram, que permite propor interação nos stories, esclarecer dúvidas no direct, efetuar vídeos mais descontraídos pela ferramenta do Reels, o que serve para auxiliar no seu marketing digital. As redes sociais estando mais focadas, exclusivamente, para divulgação do seu produto ou serviço, abre a possibilidade de adquirir um número maior de leads.

Outro método no Instagram para auxiliar na divulgação, são os digitais influencers, que fecham contratos de parcerias com marcas para divulgar o produto. Essa é uma excelente estratégia, visto que a Indústria Cultural se encontra presente na forma de induzir as pessoas a realizarem compras, utilizando técnicas de persuasão baseadas na confiança e credibilidade transmitidas a elas sobre o produto.

2ª Etapa: Converter

Depois de ter conseguido atrair as pessoas, através de seus conteúdos, ainda há estratégias para colocar em prática até que se tornem, de fato, leads. Portanto, essa etapa do funil tem o intuito de converter os visitantes do seu site e redes sociais, que visualizam seus conteúdos, em leads. Para que isso aconteça, é essencial ter atenção ao que o site pode proporcionar de boa experiência ao usuário, para que ele se intrigue. Sendo assim, é necessário que você esteja atento a esses requisitos:

  • Criação de landing pages;
  • Fazer teste A/B;
  • Eventos e conteúdos exclusivos;
  • E-book;
  • Webinar.

Após ter conseguido converter seus visitantes em leads, é a hora de criar uma relação de maior profundidade e confiabilidade entre vocês, para que crie, mais tarde, uma fidelização. Sendo assim, podem ser criados alguns conteúdos especificamente direcionados para esses leads, utilizando o fluxo de nutrição. Esse método é fundamental para nutrir os leads, até chegar no momento da compra.

3ª Etapa: Vender

Após ter conseguido atrair as pessoas pelo seu conteúdo, ter convertido eles em leads, criando uma relação de fidelização, finalmente chegou na hora de efetuar a compra, transformando seus leads em clientes. Isso significa que as pessoas que apenas acessam o seu site para adquirir conteúdos direcionados, por fim concretizarão um interesse e tomarão a decisão de compra.

Sendo assim, nesse processo de compra é imprescindível manter uma estratégia voltada para satisfação do cliente, oferecendo um produto ou serviço de qualidade, que corresponda ao que foi apresentado para convencê-lo a consumir.

 A utilização do CRM, que significa Gestão de Relacionamento com o cliente, pode ser um meio utilizado. Ele é essencial em vendas, pois proporciona melhores resultados, otimizando o tempo, com métodos:

  • Funil de vendas
  • Sales cloud

O funil de vendas pode colaborar com o controle de informações relevantes sobre o seu cliente, ou seja, ajudando nas etapas do processo com análises de perfil do cliente. No entanto, é necessário ter cuidado e atualizar a retenção e estudo de dados constantemente, pois eles se alteram conforme o tempo, impactados por fatores externos e interno da empresa.

Além disso, para auxiliar na questão de clientes, a plataforma do Sales cloud pode ser uma aliada eficiente e econômica. Ela tem a capacidade de promover novos clientes e otimizar processos na tomada de decisão, com base em uma análise 360°, que busca propor formas de oferecer a melhor experiência de compras ao seu cliente. Tudo isso se deve às ferramentas que armazenam informações na nuvem, após coletas de dados.

4ª Etapa: Fidelizar

Depois de ter executado os processos do funil que levou o cliente finalmente à compra, será que acaba por aqui?

Ainda não, tem a última parte funil, que não pode ser esquecida. Seu objetivo é monitorar os clientes, mantendo uma relação pós-venda, proporcionando conteúdos e ações de suporte. Assim, os laços de fidelização se fortalecem, podendo ocasionar recompra. Seguir nutrindo esses leads e atualizando-os, é uma ação importante para manter a empresa presente em suas lembranças.

Benefícios do Inbound Marketing na pandemia

A pandemia do COVID-19 prejudicou o mundo em diversos fatores, devido ao agravamento do coronavírus, milhares de pessoas foram afetadas com prevenções mais rigorosas. A necessidade do fechamento dos comércios refletiu na escassez econômica e se adaptar a esse contexto foi um grande desafio.

Os comerciantes e empreendedores foram obrigados a se reinventar, para se encaixarem nesse novo cenário pandêmico, e manter seus negócios abertos e faturando. Assim, foi necessário o auxílio do Inbound Marketing nesse processo.

O Inbound Marketing sempre está atento ao comportamento e perfil dos consumidores, então segue se adequando sempre para não os perder. Com isso, a melhor forma seria investir em meios de marketing digital para se fazer presente para eles, independentemente de onde estejam, em plataformas online, aplicativos e redes sociais.

Tendo isso em vista, o resultado foi o aumento da divulgação de produtos por meio de redes sociais, já que as empresas começaram a utilizá-las de forma frequente, indo de encontro com os seus consumidores. Por isso, agora é indispensável ter redes sociais comerciais estruturadas para impulsionar seu crescimento.

Com isso, estratégias novas para atingir o público-alvo foram elaboradas, como: sorteios e parcerias com marcas, pensando em fortalecer a divulgação. Além disso, ampliar o segmento, abrangendo mais variedade e inovações de acordo com as necessidades atuais dos consumidores faz toda a diferença para se destacar no mercado.

Como fazer Inbound Marketing

1. Definir o seu público

É importante analisar quem são seus potenciais clientes. Saiba que trabalhar com um nicho específico como: esportes, saúde, tecnologia. Pode trazer um ótimo diferencial para fazer o Inbound Marketing na área.

2. Criação de personas

Após analisar o seu público, é importante saber com quem os conteúdos vão conversar. Se serão profissionais de TI, diretores de marketing, profissionais autônomos etc. A persona é um personagem criado por você que vai representar o seu cliente ideal, guiando toda a sua produção de conteúdo e a personalização de suas estratégias.

3. Jornada de compra

Para resumir o funcionamento da jornada de compra, vamos pensar em um jogo de videogame cooperativo com alguns participantes. Cada um deverá percorrer um “caminho” até chegar à fase final, mas para que ele esteja preparado para avançar no jogo, é necessário que ele seja nutrido com conteúdos educativos: posts, ebooks, webinars, infográficos, vídeos.

O desafio é fazer com que o jogador receba o conteúdo com a profundidade pertinente para cada etapa em que ele se encontra na partida. Assim o jogo fica muito melhor, já que ele tem as dicas para encontrar o tesouro no momento certo.

Exemplos de sucesso

Citando alguns exemplos que utilizam o Inbound Marketing e conseguiram obter um alto nível de sucesso temos:

  • Nubank: Obteve sucesso, com seus perfis em todas as redes sociais, disponibilizando conteúdos com linguagem acessível sobre finanças para se aproximar de sua audiência, consequentemente criando uma relação mais natural e de confiança.
  • Magazine Luiza: “Humanizar a empresa”. Essa foi a brilhante ideia que a empresa teve para alcançar tanto sucesso nos negócios. Tudo isso de forma espontânea, inovadora e descontraída. A principal ferramenta utilizada é a Lu, a Brand persona da companhia, que possui um canal próprio no YouTube, onde entrega variados conteúdos de relevância para seu público, como comparações entre smartphones que são vendidos na loja. Isso cria um engajamento com a audiência e coloca em prática ações de marketing de conteúdo, atraindo e convertendo mais clientes.
  • Dell: A Dell é uma das referências no mercado quando se fala em tecnologia e, por isso, precisa se posicionar como tal. Para garantir que a marca esteja sempre em relevância, a empresa investe bastante em Inbound Marketing, e um exemplo disso é o seu blog com conteúdos relevantes sobre os mais diversos temas relacionados ao universo da tecnologia. A empresa não precisa promover os seus produtos e conquistar a confiança da audiência ao contribuir com conteúdos interessantes sobre diferentes assuntos que nem sempre estão diretamente relacionados ao seu portfólio. O objetivo é realmente criar um espaço que sirva como fonte para os interessados, sempre com abordagens completas sobre tendências e novidades na área.

Autores: Francyele Silva e Nuno Silva Oliveira


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *