Empresa Júnior Mackenzie Consultoria

Blog

Conforme o mundo corporativo foi se desenvolvendo, algumas preocupações passaram a aparecer em frente aos executivos de empresas. Áreas mais voltadas à análise e produção de estratégias começaram a serem incorporadas devido à melhora de resultados que uma empresa pode encontrar ao deixar de tratar o setor estratégico como intuitivo. É necessário que as organizações se prontifiquem para estabelecer um objetivo e, dessa forma, estabelecer metas a fim de alcançá-lo.

Entretanto, por muito tempo os responsáveis pelas decisões das organizações possuíam uma visão estreita, passando a estudar e basear-se apenas em indicadores financeiros. Isso muitas vezes pode funcionar, todavia, será fadado como acaso ou sorte, afinal não é apenas de finanças que um negócio sobrevive.

Tendo em mente esse conceito, os Doutores Robert Kaplan e David Norton, que lecionavam na Harvard Business School, foram capazes de criar uma metodologia que tornasse possível a observação de outros indicadores somados aos financeiros.

O que é?

O método inventado pelos dois professores é chamado de Balanced Scorecard, porém mais conhecido pela sigla BSC. Nele, os responsáveis pela empresa traçam os objetivos que seu negócio procura ao curto, médio ou longo prazo, e a partir dessa decisão são estudados indicadores específicos para o cumprimento de tal, tendo metas estabelecidas para essas medidas.

A metodologia em questão se utiliza de quatro perspectivas a fim de abranger a empresa como um todo em suas operações. Além da perspectiva financeira, que já é encontrada em toda gestão, são promovidas as perspectivas de clientes, de processos internos e de aprendizado, podendo assim analisar toda organização de uma maneira balanceada, como o próprio nome sugere. Então para que você possa produzir uma gestão de qualidade em seu projeto ou na sua empresa como um todo, aprofundaremos a explicação perante cada tópico abordado.

Perspectiva Financeira

Sendo considerada a perspectiva mais conhecida pelos empresários, o quesito financeiro é responsável pelo retorno que os processos da empresa geram, pois o princípio de criar uma organização não filantrópica é a geração de lucro. A partir dessa visão, pode-se entender que o segmento financeiro se apresenta como o último quesito a se preocupar em uma cadeia de realizações que se interligam.

Como objetivos capazes de analisar o quesito financeiro da empresa, devemos traçar objetivos que sintonizem a vontade da empresa, a redução de custos adjacentes à produção, o aumento de receita e o aumento de investimento em matéria-prima são exemplos de propósitos interessantes para os fins de cada empresa.

A partir desse insight, deve se preocupar com a maneira de visualizar os objetivos em meio aos dados da empresa, e para essa função devemos escolher os indicadores que permitem um maior esclarecimento do momento que o empreendimento se encontra. Alguns parâmetros que podem ser utilizados para essa área são o ticket médio, o faturamento mensal da empresa, o EBITDA (Earns Before Interests Taxes Depreciation and Amortization) e o ROI (Return of investment).

Para que o segmento financeiro esteja completo, basta estipular uma meta para que os indicadores alcancem até o período programado para o BSC. Como por exemplo almejar que o ticket médio esteja 5% superior ao atual daqui a dois meses.

Perspectiva dos Clientes

Também abordada como perspectiva do mercado, esse segmento tem como finalidade desenvolver o entendimento dos empregados com relação à comunicação entre empresa e consumidores. Em quais aspectos a empresa está se mantendo estável e em quais pontos ela poderia melhorar tendo em mente o tópico de compradores.

Os objetivos aparentes nessa área são fundamentais, afinal, é por meio do relacionamento com clientes que será possível conquistar as ideias apresentadas pela perspectiva financeira. Objetivos como a captação de novos consumidores, assim como a fidelização dos mais suscetíveis são exemplos excelentes para se aplicar como objetivos principais.

Tendo em mente o parágrafo anterior, alguns indicadores que fazem sucesso para a área são, principalmente a lucratividade do consumidor, assim como a quantidade de novos clientes e, o NPS (Net Promoter Score). Por meio desses parâmetros é possível tornar o relacionamento com o cliente mais palpável para análise e tomadas de decisões. Como metas para o tema, podemos sugerir a margem mínima do NPS sendo de 10. Nesse caso a meta será cumprida caso a satisfação de seus compradores em média superar ou igualar à 8.

Perspectiva de Processos

Mostrando mais uma vez que a empresa deve se interligar para um mesmo rumo, a perspectiva de processos abrange todos os métodos que são utilizados pela empresa, isso influencia diretamente as demais perspectivas, afinal, a metodologia ágil de entrega do seu produto pode ser o diferencial que um cliente encontra, permitindo assim uma maior entrada de capital para o seu negócio.

Como já abordado, a criação de uma metodologia de entrega pode ser apresentada como objetivo, ou então a alteração de um processo já existente na empresa, focando em pontos como inovação, velocidade ou qualidade. Para resultados desejados desse setor, podemos nos utilizar de métricas como a quantidade de inovação em um período, ou a duração de um processo de compra e entrega do produto. O importante é entender sua organização e o que pode ser amplificado para alcançar os clientes e assim gerar maior lucro.

Perspectiva da Aprendizagem

Essa perspectiva é considerada a base para seu desenvolvimento estratégico, já que é a partir dela que se mede o acompanhamento dos funcionários para as novas metodologias aplicadas. Nessa área podemos confirmar o entendimento além da implementação das novas ideias na produção.

Para um bom entendimento do contexto de aprendizagem em sua empresa, devem ser promovidos treinamentos e capacitações para as modificações produzidas na organização. Como indicadores para esse segmento podem ser apresentados a porcentagem de funcionários que participam dos treinamentos, a quantidade de erros cometidos após a implementação de um novo sistema ou a quantidade de capacitações feitas por bimestre, trimestre ou semestre.

Para todas as perspectivas listadas, devem ser abordados temas que façam sentido para o crescimento de sua empresa, sem mencionar na importância de estipular corretamente suas metas. É de extrema importância atentar-se a metas plausíveis para o tempo estipulado, dessa forma a equipe que será responsável não perderá a moral por se tratar de uma meta inalcançável, e nem pelo fato de ser uma finalidade passível de conclusão sem o mínimo esforço.

Aplicação

Agora que os conceitos já estão bem explicados, deve ser entendido a configuração dessa metodologia. Afinal ela possui como intuito a simplificação de objetivos e metas, para que se possa compreender e interligar todos os desejos de uma empresa a curto, médio ou longo prazo.

A montagem dessa metodologia, assim como seus as demais informações, devem ser as mais adequadas ao negócio em questão. Em suma, não existe uma maneira específica que seja considerada correta para um molde que sustente a metodologia, entretanto alguns se apresentam mais funcionais em diversas empresas.

Uma das formas mais conhecidas para o método BSC se fundamenta na construção de uma tabela, que apresente as perspectivas com uma disposição parecida a de um triângulo. Dessa forma é possível interligar os fins, assim como os meios almejados que foram descritos pela gerência estratégica.

Outra formatação utilizada com frequência é a apresentação em quatro quadrantes, onde permite uma visualização da interligação entre perspectivas sem apresentar diferenciações quanto às perspectivas.

A partir da escolha ou criação do modelo que mais se encaixa a sua cultura organizacional, basta preencher as tabelas com as perspectivas que desejam ser analisadas. Após essa fase, basta avaliar os dados escolhidos ao longo do período, podendo assim gerenciar as tarefas importante para as metas e auxiliá-las para ao fim, ser possível um desenvolvimento eficiente para a empresa.

Autor: Denis Pinesso


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *