Empresa Júnior Mackenzie Consultoria

O termo empreendedorismo surgiu em 1942 com a publicação do livro “Capitalismo, Socialismo e Democracia”, do famoso economista Joseph Schumpeter, o mesmo acreditava que sem o empreendedor as formas de produção obsoletas não seriam substituídas por outras formas mais lucrativas e eficientes.

Diante disso é de conhecimento mútuo que os empreendedores, dos grandes aos pequenos, têm um papel de suma importância na economia global. Segundo dados do Sebrae, existem 6,4 milhões de estabelecimentos no Brasil hoje, sendo que 99% deles representam micro e pequenas empresas e as mesmas compõem 52% dos empregos de carteira assinada do país, mostrando sua relevância no cenário atual.

Para que o empreendedor consiga obter êxito em seus negócios, existem as soft-skills, que são uma séria de valores e formas de trabalhar que melhoram o relacionamento interpessoal e também o empreendedor individualmente. Com o uso dessas habilidades, o mesmo se torna mais competente, sendo assim liderança, persistência, confiança e inovação são alguns exemplos de soft-skills de um bom empreendedor, além disso ser um Risk Taker e Risk Manager pode trazer diversos benefícios para sua empresa.

Soft-skills

Ser inovador, ou seja, pensar fora da “caixinha”, e por meio dessa soft-skill atender uma necessidade do mercado consumidor. O empreendimento de sucesso Nubank, surgiu com a proposta de extinguir as taxas sobre cartão de crédito e disponibilizar um contato mais direto com os clientes, algo que pode parecer simples atualmente, porém, ninguém havia pensado nisso.

Foi então que Cristina Junqueira e mais dois sócios, saíram de seus empregos comuns em um banco tradicional e apostaram na criação de uma Fintech com tais pilares, hoje a empresa tem valor de mercado de cerca de U$ 40 bilhões. Tal caso é só um dos infinitos exemplos de inovação que criaram negócios de sucesso.

Ser um Risk Taker e Risk Manager, isso significa que o empreendedor deve arriscar e lidar bem com os riscos tomados. A ação de se arriscar é um complemento da inovação, já que se foge dos padrões do mercado. Nesse contexto, Michael Burry, um investidor que na crise de 2008 se arriscou na compra de CDO (“Obrigação de Dívida Colateralizado”)  e acabou obtendo sucesso, já que conseguiu fugir dos padrões do mercado por meio de um investimento arriscado e soube lidar com os riscos.

Nesse sentido, Burry foi persistente por acreditar nas suas ideias e seus estudos, mostrando o quão importante a persistência é como soft-skill, pois sempre em uma jornada profissional aparecerão pessoas que irão contra ela, porém é preciso ser resiliente e determinado sempre.

Por fim, a liderança também é uma habilidade essencial para o sucesso de uma empresa, mas o que é ser um líder? É aquele que direciona um grupo em busca do objetivo desejado, inspirando-os e motivando-os. Steve Jobs, cofundador da Apple, movia seus colegas de trabalho sempre buscando a perfeição Debi Coleman, ex-funcionária de Jobs, afirmou se sentir privilegiada por trabalhar com ele, dada a admiração que Jobs gerava sendo um gênio e acima de tudo um exímio líder.

Conclusão

Portanto, observa-se a importância das soft-skills para o sucesso de um negócio, é possível entender que de nada vale apenas uma grande inovação se esta não for acompanhada de uma série de outros fatores que propiciem sua consolidação.

Um dos fatores mais importantes para que uma empresa consiga se consolidar no mercado, é a existência de um bom planeamento estratégico. Uma boa alternativa é contratar a Empresa Junior Mackenzie Consultoria, pois esta oferece um Plano de Negócios para que o empreendimento cresça e prospere.

Escrito por: Lucas Maia e Breno Rosa


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.